Mano

Escrito por José Aírton Ligado . Publicado em Outros Estilos

Mano

Mano, você sempre foi um amigo
Exemplo de inteligência
Todos que me perguntam eu digo
Foi pego pela maledicência

 Mano, seja feliz a onde estiver
Eu me inspirei sempre em você
Nós horamos aqui com fé
Deus é justo pode perceber

Foi traído pela ignorância
Eu me orgulho de carregar seu nome
Pra nós só restou lembranças
É Aírton este grande homem

Você longe deixou um vazio
Difícil de preencher
Mas deixou bom exemplo
Com inteligência podemos vencer

Esta letra está protegida pela lei dos Direitos autorais
Copyright © José Airton

Gostou das Minhas Composições? Siga-me.

FacebookMySpaceTwitterDiggDeliciousStumbleuponGoogle BookmarksRedditNewsvineTechnoratiLinkedinMixxRSS FeedPinterest